Como conquistar um investidor anjo para a sua startup?

Um anjo para investir no seu sonho! Imerso no cenário nacional, existem mais de 10 mil startups no Brasil atualmente, de acordo com dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups). 

Nesse viés de inovação e incerteza, a busca por um investimento que alavanque o negócio na sua fase inicial tem sido cada vez mais recorrente. Numa conjuntura de mercado ultracompetitivo e de busca rápida pelo sucesso, a chave para a solução dos seus problemas pode ser um investidor anjo!

Mas o que é um investidor anjo?

Investidores-anjo são pessoas físicas que investem uma parte de seu capital em empresas com alto potencial de crescimento, como as startups. Essa denominação surgiu em Nova York, nos teatros da Broadway, onde alguns empresários apoiavam financeiramente os custos das peças de teatro na década de 1920.

Hoje, essa denominação é utilizada para fazer referência ao papel exercido por este investidor: ele não apenas auxilia financeiramente, mas também agrega valor para a empresa, compartilhando seu conhecimento, experiência e rede de contatos, além de prestar mentoria, apoio e acompanhamento aos empreendedores. 

Empresas de sucesso 

Conhecido também como “smart-money”, este tipo de investimento geralmente é realizado por uma pessoa ou um grupo pequeno de pessoas que financiam, em média, um total de até 1 milhão de reais. Várias empresas que hoje são muito conhecidas ao redor do mundo contaram, inicialmente, com o auxílio desses investimentos. Google, Facebook e Apple são alguns exemplos que receberam um empurrãozinho desses anjos.

Investidores anjo no Brasil

Sob o âmbito da legislação brasileira, a Lei Complementar 155/2016 veio para favorecer os investidores, à medida que proporcionou uma maior segurança jurídica diante da novidade de não terem que arcar com processos trabalhistas.

Dentro dessa realidade nacional, segundo dados de 2016 da entidade Anjos do Brasil, existem mais de 7 mil investidores anjo no Brasil que, em média, possuem um capital de R$234 mil disponível para investir, totalizando quase 1,7 bilhão de reais.

 

E como VOCÊ pode conseguir um investidor anjo para a sua empresa?

 

Tenha um Pitch na ponta da língua

Segurança e confiança no seu trabalho são diferenciais visíveis. Conheça a fundo o seu projeto e tenha um pitch preparado na ponta da língua: este é o momento de “vender o seu peixe”. Tenha um discurso curto, claro e eficiente, de modo que transmita transparência nos principais pontos acerca da sua startup: a apresentação do seu negócio, que solução você oferece, qual é o seu nicho e público-alvo, como será sua divulgação e o quanto de investimento será necessário para concretizar suas ideias. Seja realista e invista na persuasão e oratória.

Elabore um plano de negócios

O plano de negócios serve tanto para quem irá abrir ainda o seu negócio, quanto para quem está expandindo. Por meio desse documento que você irá:

  •  Expor seus objetivos e metas futuras;
  •  delimitar seu mercado;
  • detalhar seu nicho, produto e serviços
  • planejar sua gestão

 

Realizar um planejamento para o futuro da sua empresa irá auxiliar o investidor anjo a entender mais a respeito do seu negócio e garantir uma segurança maior da perspectiva e potencial da sua empresa.

Domine o seu mercado

É importante você dominar o seu mercado, principalmente os seus consumidores, que serão o seu público-alvo. Eles são indispensáveis no sucesso do seu negócio, por isso, as expectativas e necessidades deles devem ser o ponto de partida e guia da sua startup. Foco no cliente é um valor imprescindível para realizar um serviço de excelência e atender o seu público da melhor maneira. Ouça e converse com quem necessita e utiliza seu serviço. Valide e teste!

Além disso, conhecer bem seus concorrentes fará com que você aprimore o seu negócio e busque novas estratégias e maneiras de atender mais pessoas de maneira mais satisfatória. Compare e avalie seus pontos fracos e forte, saiba qual é o seu diferencial e sempre procure garantir o sucesso do cliente. 

Este conhecimento sobre seu nicho e clientes com certeza aumentará suas chances de conquistar um investidor anjo!

Busque o investidor anjo certo para você

Ter um investidor que tenha conhecimento sobre a área do seu negócio faz toda a diferença. No caso do investidor anjo, como a sua função também é prestar mentoria, o conhecimento e interesse no seu negócio auxiliarão na relação entre a empresa e o investidor. Por isso, procure e foque em investidores que tenham alguma ligação com o mercado que a sua empresa atua, o que facilitará também o interesse inicial deles na sua startup. 

E, mais do que tudo, confie no seu negócio e trabalhe por isso. Mais importante do que dicas, é a coragem para ir atrás do seu sonho! 

AINDA RESTA ALGUMA DÚVIDA?

Converse com a equipe especializada da Locus Iuris, que está pronta para entender suas necessidades específicas e produzir recomendações úteis ao seu negócio e a sua sociedade.

VEJA TAMBÉM

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com o nosso site. Ao navegar pelas páginas, você declara estar de acordo com a nossa Política de Privacidade.