CONTRATO DE FRANQUIA – MULTIPLICANDO O SEU NEGÓCIO

Por: Vitória Linhares Malucelli

Multiplicando o seu negócio e lucrando com o Contrato de Franquia

Seu negócio cresceu? Já  consolidou sua marca e se estabeleceu no mercado? Você acha que sua empresa está pronta para expandir,  quer dar o próximo passo e ampliar seu comércio, mas não sabe como? A gente te dá uma ajudinha e explica como investir no modelo de franquias pode ser a melhor opção para multiplicar e lucrar com o seu negócio. Nesse artigo você irá entender como opera o sistema de contrato franquia e quais as vantagens que ele oferece para a sua empresa.

 

201582 por que investir em um sistema de gestao em franquias

 

Mas afinal, o que é esse tão falado modelo de franquia? Bem, nada mais é do que um sistema em que o franqueador cede ao franqueado o direito de uso da marca e distribuição  de seus produtos ou serviços. Esse sistema opera basicamente como um licenciamento para usar a marca e o know-how de vendas de determinados produtos e/ou serviços de uma empresa, os quais são cedidos conforme as condições firmadas no contrato de franquia.

 

Esse tipo de negócio surge como uma alternativa para o empresário que identifica uma oportunidade de expansão no mercado mas que não consegue expandir com as próprias pernas, seja em decorrência de significantes custos fixos como o aluguel, contas de consumo, salários, ou de outras barreiras que tornam a empreitada pouco lucrativa. Diante desta situação, a decisão de investir no sistema de franchising pode surpreender e trazer inúmeras vantagens para o franqueador que busca empreender. Elencamos três principais pontos que merecem atenção, veja:

 

1) O efeito multiplicador e a expansão da rede e de novos mercados.

Através da operação de franquias o franqueador tem a oportunidade de multiplicar o consumo de seus produtos bem como o mercado consumidor do mesmo e, em decorrência do efeito multiplicador, disseminar sua marca no mercado, gerando interesse de outros possíveis franqueados na celebração do contrato de franquias. Assim, o franqueador consegue lucrar com o fortalecimento de sua marca, já que esta estará mais difundida no mercado e alcançará um número maior de consumidores.

 

Ademais, investindo no negócio de franquias, verifica-se a possibilidade do franqueador ampliar seus pontos de venda, os quais funcionam quase como filiais, mas que tem vantagens sobre estas pelo fato de o franqueador não ter responsabilidade pelos funcionários do franqueado e, tão pouco, gastos com as instalações do estabelecimento comercial.  Dessa forma, é possível vender mais para os mesmos clientes, para novos clientes e aproveitar a estrutura da marca para vender para outros segmentos.

 

franquia

 

2) Redução dos custos operacionais e dos produtos

Ao aumentar a cadeia de distribuição, certos custos diminuem, principalmente no que diz respeito aos custos operacionais, custos fixos, como o aluguel e os salários. Isso é o que ocorre, por exemplo, com os valores relativos a publicidade do seu negócio. Ao multiplicar a sua empresa, multiplica-se também a publicidade da sua marca, a qual pode atingir determinada localidade antes não coberta pela rede.

 

Ainda, com mais pontos de comércio, reduz-se o custo com o transporte de matéria-prima e insumos necessários ao exercício da franquia, pois quanto mais se demanda de determinado produto, menor o preço que o franqueador pagará por eles, podendo, inclusive, baratear o valor do seu produto final.

 

blackboard3

 

3) Geração de rendas adicionais

São inúmeros os benefícios ao multiplicar o seu negócio investindo no sistema de franquias, principalmente no que se refere às rendas adicionais, uma vez que se cobra dos franqueados certas taxas, sendo as principais a taxa de licença e os famosos royalties. A taxa de royalties é um valor que o franqueado paga periodicamente ao franqueador para remunerar a tecnologia prestada enquanto existir a relação entre ambos.

 

Geralmente, se trata de um percentual fixo, preestabelecido no contrato, aplicado sobre o montante do faturamento bruto da franquia. Já a taxa inicial de franquia ou de licença, é  cobrada do franqueado para que ele tenha o direito de fazer parte da rede de franquias, ou seja, é o preço estabelecido para o ingresso do franqueado em um determinado sistema de franquia.

 

Além dessas tarifas, o franqueado ainda pode cobrar uma taxa de propaganda, a qual é paga periodicamente pelo franqueado com o objetivo de servir ao apoio comercial da franquia pela divulgação de sua marca, produtos e conceitos, principalmente por meio de publicidade e propaganda. Há também franquias que cobram uma taxa pelo uso de sua estrutura de compras, chamada de taxa de compras, muito comum em setores onde o franqueado fornece os insumos, como no caso das franquias de escolas de idiomas.


destacada franquias

 

Além de todos os benefícios elencados acima:

O franqueador ainda obtém vantagens com a ausência de relação empregatícia, uma vez que não há qualquer relação empregatícia com os funcionários do franqueado; sem falar na maior efetividade em cada uma das “filiais”, isso porque o proprietário do ponto estará por perto, terá conhecimento sobre o mercado de sua região, além de estar disposto a fazer um esforço extra para conquistar e manter clientes.

 

São muitas as vantagens de optar pelo franchising ao invés de uma expansão comum, principalmente pelos pontos que vimos anteriormente: redução dos custos fixos, geração de renda e o maior controle de todos os sistemas e métodos da organização. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), apenas 11% das franquias deixam de operar em 5 anos. Logo, se a expansão é bem planejada, a operação pode ser muito bem-sucedida.

 

Por isso é muito importante ressaltar que, se você estiver pensando em investir nesse nicho, não basta apenas oferecer a sua marca, é necessário contar com segurança jurídica. Para isso, ao optar por esse modelo, é primordial que se procure por uma consultoria empresarial especializada para formular um documento  com todos os direitos e deveres das partes, bem como quatro instrumentos jurídicos: licença de uso da marca, transferência de tecnologia e know-how, fornecimento e prestação de serviços.

 

Isto porque, o mais importante para o franqueador é a proteção de seu know how durante e depois de vencido ou rescindido o contrato de franquia, para não criar competidores desleais e ainda, para assegurar os recebimentos devidos.  Assim, uma consultora jurídica personalizada deve definir o mais adequado para o seu negócio e protegendo sua empresa e evitando futuras dores de cabeça.

 

 

AINDA RESTA ALGUMA DÚVIDA?

Converse com a equipe especializada da Locus Iuris, que está pronta para entender suas necessidades específicas e produzir recomendações úteis ao seu negócio e a sua sociedade.

 

 

Referências

https://www.erpflex.com.br/blog/o-que-e-franquia

https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2012/02/28/franquia-e-opcao-para-multiplicar-negocios-em-ascensao-mas-o-investimento-e-alto.htm

https://marianazanardodessotti.jusbrasil.com.br/artigos/181642368/vantagens-e-desvantagens-decorrentes-do-contrato-de-franquia

 

VEJA TAMBÉM

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com o nosso site. Ao navegar pelas páginas, você declara estar de acordo com a nossa Política de Privacidade.