8 Startups de sucesso no Brasil para você se inspirar

startups de sucesso

Se inspire com 8 startups de sucesso no Brasil

Se você está pensando em abrir uma startup, precisa ficar por dentro de tudo que acontece nesse mundo de tecnologias. Certo?

Então, você precisa conhecer as histórias de startups de sucesso no Brasil. Quem sabe a próxima não é a sua, hein?

O que é uma startup?

Antes de mais nada, vamos voltar alguns passos e retomar alguns conceitos importantes.

Você já deve saber que uma startup é uma empresa jovem ou recém-criada, sem um plano de negócios completamente definido, mas com um produto inovador para apresentar ao mercado.

Do ponto de vista jurídico, uma startup é uma sociedade simples com faturamento anual de, no máximo, 16 milhões de reais e com inscrição no CNPJ de até 10 (dez) anos.

Características de uma startup

De forma geral, as startups são disruptivas, tecnológicas e inovadoras. Ou seja: rompem com padrões de empresas tradicionais do seu segmento econômico, através do desenvolvimento de novas tecnologias.

Contudo, dentre todas as características de uma startup, sobressai a possibilidade de ser um negócio escalável. Isso porque as startups crescem de forma muito mais rápida do que uma pequena ou média empresa (PME) tradicional.

Além do mais, enquanto as PME entram no mercado depois de investir uma quantia em dinheiro, as startups entram no mercado para buscar capital e financiamento através de suas tecnologias digitais.

No final das contas, o destino das startups têm apenas duas opções:

  1. Se tornar insustentável e acabar tendo que fechar as portas;
  2. Ou evoluir e se tornar uma startup de sucesso.

O que é uma startup de sucesso?

Nesse sentido, uma startup de sucesso é aquela que conseguiu evoluir e escalar o seu produto. E, por fim, se tornou uma empresa de sucesso.

Em outras palavras, é uma startup que cresceu exponencialmente. É o caso, por exemplo, da Amazon, Google, Microsoft, Uber, Airbnb e Spotify.

Startup unicórnio

Uma startup unicórnio é aquela empresa que é avaliada em 1 bilhão de dólares antes de abrir seu capital na bolsa de valores.

Ou seja: são aquelas empresas que arrecadam 1 bilhão de dólares antes de vender suas ações e se tornar uma Oferta Pública Inicial (OPI).

O termo surgiu em 2013 pela investidora-anjo Aileen Lee, no artigo “Welcome to the Unicorn Club”: learning from billion-dollar startups. A expressão vem de uma comparação descontraída: “é a empresa que conseguiu algo tão difícil quanto encontrar seres místicos”.

Nessa época, apenas 39 empresas recebiam o título de startup unicórnio. A primeira unicórnio, no entanto, foi a Google nos anos 1990. Depois disso, nos anos 2000, o Facebook se destacou como o único super-unicórnio da década.

No Brasil, em 2019, existiam cinco novas startups unicórnios. Essa conquista levou o país a colocação de 3º maior criador de novas startups unicórnio, depois dos Estados Unidos e da China.

8 Startups de sucesso no Brasil

Que tal conhecer 8 startups de sucesso no Brasil? Essas histórias podem te inspirar. Vamos lá.

1. Nubank

Na época que o Nubank surgiu, cartão de crédito sem taxas e bancos sem burocracias pareciam sonhos impossíveis.

Desde que estreou, a startup revolucionou o formato de bancos no Brasil, principalmente em relação à comunicação com seus clientes.

Em março de 2018, o Nubank anunciou valor superior a 1 bilhão de dólares, tornando-se a segunda startup unicórnio brasileira.

2. Ifood

O Ifood deixou para trás as tele-entregas e rompeu com a tradicional estrutura de delivery de restaurantes. Tudo isso com a simples ideia de unir restaurantes e consumidores famintos.

Hoje em dia, diversos restaurantes existem para realizar entregas exclusivas pelo Ifood. E mais do que criar um serviço, o Ifood criou um hábito que faz parte da rotina de muitas pessoas.

3. Quinto Andar

Tem algo mais burocrático do que banco e imobiliária? Pois bem, foi para resolver esse segundo problema que a Quinto Andar surgiu em 2012.

A promessa da startup é simplificar a locação de imóveis, tornando-as menos burocráticas. Seus principais diferenciais são: anúncios gratuitos, assinatura de contrato digital, não necessidade de fiador. Ou seja, vantagens para o locador e o proprietário do imóvel.

A imobiliária digital recebeu um investimento de US$ 250 milhões, tornando-se, assim,uma startup unicórnio.

4. 99 Táxi

O aplicativo de transporte de passageiros se consagrou como um dos principais concorrentes da Uber no Brasil. A ideia é conectar taxistas e motoristas com passageiros.

Depois de seis anos de fundação, a empresa foi adquirida por um grupo chinês, Didi Chuxing, tornando-se a primeira startup unicórnio do Brasil.

5. Stone pagamentos

A proposta da Stone é oferecer máquinas de cartão de crédito baratas e sem aluguel.

O faturamento e o crescimento da empresa permitiu geração de caixa e escala. Em 2016, o faturamento chegou a R$ 55 milhões, quase cinco vezes maior do que o ano anterior.

Em outubro de 2018, fez sua oferta pública inicial e captou US$ 1,2 bilhão. Com isso, ultrapassou o valor de US$ 6,7 bilhões.

6. Gympass

A ideia da Gympass é criar um serviço de assinaturas de academias. A empresa, criada em 2012, funciona através de um aplicativo em que as pessoas podem acessar academias em diversos locais do mundo com uma única assinatura mensal ou diária.

O serviço tem convênio com mais de 50 mil academias, em 14 países diferentes.  Depois de captar US$ 500 milhões, a empresa se tornou outra startup unicórnio do Brasil.

7. Loggi

A Loggi oferece um serviço de transporte de produtos: seja para e-commerce, comidas para restaurantes ou documentos para empresas. É, de forma simples, um serviço de motoboy digital.

Depois de receber um aporte de US$ 150 milhões, também se tornou uma startup unicórnio.

8. Docket

A Docket é uma lawtech. Ou seja: é uma startup de tecnologia na área jurídica.

Em resumo, o objetivo da Docket é fornecer eficiência para escritórios de advocacia e departamentos jurídicos de empresas através de novas tecnologias.

Sendo assim, eles se propõem a identificar as lacunas nas rotinas dos escritórios, para sugerir processos mais eficientes.

O que fazer para ser uma startup de sucesso no Brasil

Mas, afinal, o que todas essas startups de sucesso têm em comum?

Pensaram em problemas que precisavam de solução

O primeiro passo para criar uma startup de sucesso é pensar em uma solução para um problema atual.

E nesse ponto, o momento certo é realmente uma questão importante. Para que o produto tenha adesão no mercado, ele precisa resolver o problema no momento certo. É o que chamam de ter “fit” no mercado.

Caso contrário, pode ser mais um dos produtos que ninguém sente necessidade de usar.

Trazem soluções criativas para esses problemas

Como já foi explicado, as startups trazem soluções disruptivas para questões da sociedade. Ou seja: através de novas tecnologias, apresentam soluções alternativas às formas tradicionais.

É o caso de duas startups de sucesso no Brasil, a Uber que trouxe uma nova forma de mobilidade urbana eo Nubank que criou um banco sem burocracias.

Têm soluções escaláveis

Todas as histórias de startups de sucesso começaram com um produto pequeno. Depois de descobrirem o produto ideal para solucionar um problema real no tempo certo, cresceram de forma exponencial.

Em outras palavras, são empresas escaláveis. Ou seja: multiplicam seu faturamento, sem aumentar os custos na mesma proporção.

Ter prazos, objetivos e processos bem estruturados

Uma das principais características de startups de sucesso é a capacidade de definir boas métricas e benefícios mensuráveis para o negócio.

É aí que entra o conceito de OKR, que alinha prazos e objetivos aos processos da empresa.

OKR é uma sigla em inglês, que significa objetivos e resultados chave. Em termos simples, é uma ferramenta para definir objetivos e medir o progresso da empresa.

Os OKRs ajudam a direcionar os esforços, através de foco, colaboração e alinhamento.

É fato que as startups não têm uma linha estruturada de progresso para seguir. Afinal de contas, está apenas em estágio inicial de descobertas. As certezas são poucas.

É por isso que os OKRs funcionam tão bem, já que não existe uma linha fixa de indicadores certos.

Assim, as startups podem acompanhar os principais indicadores que são importantes para seu negócio, conforme fizer sentido no momento.

Sem dúvida, uma startup de sucesso precisa estar com todas as exigências legais em dia. É por essa razão que uma assessoria jurídica especializada é fundamental para auxiliar nesse processo.

 

Escrito por Beatriz Coelho, redatora e mestra em Direito.

 

AINDA TEM DÚVIDAS?

Baixe um ebook gratuito sobre as demandas jurídicas das startups e descubra como criar, desenvolver e alavancar sua startup de modo seguro e lucrativo!

VEJA TAMBÉM

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com o nosso site. Ao navegar pelas páginas, você declara estar de acordo com a nossa Política de Privacidade.