Por que minha startup precisa de uma assessoria jurídica especializada?

assessoria jurídica especializada para startups

Benefícios de uma assessoria jurídica especializada em startups

Dar conta de tudo nem sempre é fácil, certo? Ainda mais em uma startup onde geralmente o time é enxuto, o orçamento é reduzido e os desafios são muitos: burocracia para tirar sua ideia do papel, pitches e mais pitches atrás de investidores, MVP a ser adaptado, dor nova surgindo no mercado.

Deu um arrepio só de pensar em tanta coisa? Sinto dizer que pode piorar. No início, você pode não achar que esse pode ser um problema, mas não ter seu negócio juridicamente estruturado e uma assessoria jurídica especializada para ajudar com as questões relacionadas à lei e regulamentação das relações que o seu negócio estiver firmando é muito importante para evitar futuras dores de cabeça.

Mas calma, nem só para evitar problemas no futuro é que serve uma consultoria jurídica especializada. Se eu falar para você que ter alguém do jurídico para auxiliá-lo desde o início tem vários benefícios, você acredita? Vou explicar melhor nos pontos abaixo!

#foco no core business

Por mais que dê vontade de usar um “modelão” disponível na internet para estruturar juridicamente sua startup, essa não é a prática mais recomendável porque você pode ter mais trabalho (e prejuízo!) no futuro. Que tal deixar isso com especialistas na área para poder focar suas energias no que você realmente gosta? O core business.

Match com investidores

Você colocaria seus recursos em algo sem grandes estruturas?

Uma startup já é um investimento cujo retorno é incerto e por isso os investidores buscam o maior nível de estruturação para, pelo menos, evitar prejuízos que podem ser facilmente precavidos, como é o caso de ações trabalhistas, por exemplo, que podem ser prevenidas com um bom contrato de vesting  ou prestação de serviço, a depender do caso.

O Google não sabe de tudo

Nem sempre o Google vai conseguir responder quais as prioridades para estruturação jurídica do seu negócio ou ainda se determinada cláusula em um contrato com um investidor prejudica a autonomia da sua startup. Para ter sua dúvida sanada da forma mais personalizada possível é muito importante ter alguma ajuda que saiba do que está falando e consiga adequar a resposta à realidade da sua empresa,  considerando, inclusive, o histórico e o contexto da sua startup.

Afinidade com startups para dar match no jurídico: o que precisa para escolher a assessoria jurídica especializada

Precisamos combinar que nem sempre a linguagem do mundo do Direito é das mais fáceis, certo? Se para muitas pessoas é difícil entender o “juridiquês”, para consultorias mais gerais pode ser um pouco complicado entender os termos “startupeiros” também.

Por isso é muito importante que a consultoria jurídica seja especializada: você vai conseguir entender o Direito sem ter que conferir no dicionário uma palavra a cada cinco das ditas pelo jurídico e a consultoria especializada vai estar familiarizada com os termos mais utilizados no ecossistema de inovação e empreendedorismo.

 

Por: Daniela Brandt

VEJA TAMBÉM

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com o nosso site. Ao navegar pelas páginas, você declara estar de acordo com a nossa Política de Privacidade.